Notícias Políticas TV e Famosos

BOMBA Marcelo Odebrecht entrega tudo ao juiz Sérgio Moro Lula teria pedido 40 milhões em PROPINA

Marcelo Odebrecht entrega tudo ao juiz Sérgio Moro Lula teria pedido 40 milhões em PROPINA.

Marcelo Odebrecht esclareceu a Sergio Moro que a conta de Lula na subplanilha Amigo da planilha Italiano era de R$ 40 milhões. O delator deu detalhes da criação do departamento de operações estruturadas e confirmou que o ex-presidente era o “amigo”.

☻Deixe Seu Like e Inscreva-se no Canal. Muito Obrigado!!
☻link para se inscrever: http://bit.ly/2lwb8Ys
☻Compartilhe Com Seus Amigos.
☻Deixe Seu Comentário, Sua Opinião.
☻Desejo-lhe muito sucesso!

O empresário confirmou ainda que Palocci intermediava as remessas de dinheiro para o PT e era o “italiano” na planilha de pagamentos da empresa. O ex-ministro Guido Mantega, que sucedeu Palocci no Ministério da Fazenda, também teria passado a ser responsável pela movimentação de recursos para o PT, tendo sido batizado com o codinome de “pós-italiano” ou “pós-itália”.

“Tinha um saldo de uns 40 milhões [na conta do PT com a Odebrecht]. Aí o que eu combinei com o Palocci? Vai mudar o governo, vai entrar a Dilma […] A gente sabia que ia ter demandas de Lula, por uma questão do instituto, para outras coisas. Então o que a gente disse foi o seguinte:

‘Vamos provisionar uma parte desse saldo, e então botamos 35 milhões no saldo amigo, que é Lula, para uso que fosse orientação de Lula, porque a gente entendia que lula ainda ia ter influência no PT’”, disse Marcelo Odebrecht a Moro na segunda-feira. “Como era uma relação nossa com a Presidência (da República), PT, com lula, tudo se misturava. Então a gente botou 40 milhões para atender demandas que viessem de lula”, complementou Odebrecht
fonte:veja

 
Compartilhe Agora:
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.