Notícias TV e Famosos

Crise pode fechar as portas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro

O Governo do Rio de Janeiro estuda vender a companhia de água para conseguir mais recursos e diminuir despesas. A crise financeira também ameaça secar a maior fonte de conhecimento do Estado. Sem receber os repasses do Governo, a UERJ, tem uma dívida de R$ 360 milhões. Falta dinheiro para pagar os funcionários e os serviços terceirizados de limpeza, manutenção e vigilância. O hospital Pedro Ernesto, vinculado à Universidade, também sofre com o abandono.

 
Compartilhe Agora:
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.