Notícias TV e Famosos

Diretora morre ao ser baleada em frente à escola que trabalhava no Rio de Janeiro

A coordenadora de um colégio particular em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, foi morta na frente da unidade de ensino que administrava. Rosemary de Souza Pinto, de 52 anos, era professora há 28 anos. De acordo com testemunhas, a diretora estava no portão da escola quando dois homens, em uma moto, se aproximaram. Primeiro, eles teriam perguntado se ela era dona do colégio. Desconfiada, a vítima negou, mesmo assim os criminosos fizeram dois disparos à queima-roupa. A principal linha de investigação é de que a professora tenha sido morta por causa de uma briga judicial com o ex-marido pela posse da escola.

 
Compartilhe Agora:
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.