Notícias Políticas

É FAKE que pesquisa atual mostre popularidade recorde de Lula

Após o Partido dos Trabalhadores (PT) confirmar a chapa que concorrerá a Presidência da República, circula pelas redes a mensagem de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva alcançou atualmente popularidade recorde, chegando a 95%. Ela é #FAKE.

É FAKE que pesquisa atual mostre popularidade recorde de Lula

Os dados correspondem a uma pesquisa realizada pelo Ibope em 2010, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Na época, ao fim do segundo mandato, Lula alcançou naquela época o recorde de aprovação e popularidade de 87%. Desde então, não foram realizadas novas pesquisas sobre a popularidade e aprovação da maneira de governar do ex-presidente.

O “Portal Veja Agora” foi um dos sites que publicaram os dados da pesquisa no último dia 5, copiando um trecho de uma reportagem do G1, publicada em 2010. A data e o título da postagem levam o leitor a entender que a pesquisa é recente.

É FAKE que pesquisa atual mostre popularidade recorde de Lula

É FAKE que pesquisa atual mostre popularidade recorde de Lula

É FAKE que pesquisa atual mostre popularidade recorde de Lula

O índice de 95%, propalado na mensagem, não se refere à aprovação nacional do governo de Lula, mas à avaliação pessoal do ex-presidente em apenas uma região do país: o Nordeste. Na mesma pesquisa, Lula obteve aprovação de 90% no Norte e Centro-Oeste, 85% no Sudeste e 80% no Sul.

Em dezembro de 2017, na página oficial do ex-presidente, atualmente preso em Curitiba acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, ele também citou a mesma pesquisa. Na descrição relembrou que os dados mostravam ele “batendo recordes de popularidade no final do seu governo, nesse exato dia há sete anos

Fonte: G1

 
Compartilhe Agora:
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.