Hillary Clinton x Donald Trump: segundo debate

Hillary Clinton x Donald Trump: segundo debate
melhores momentos

O segundo debate presidencial entre os candidatos Hillary Clinton e Donald Trump, que aconteceu neste domingo (9) na Universidade de Washington, teve um clima ainda mais tenso com a pressão em cima do republicano sobre os comentários machistas que fez em uma antiga entrevista, que veio à tona um mês antes das eleições.

Hillary Clinton x Donald Trump: segundo debate

Hillary Clinton x Donald Trump: segundo debate

O debate, que desta vez contou com perguntas dos eleitores presentes, começou com uma professora questionando o exemplo que os candidatos dariam para as crianças do país. Logo surgiu o assunto sobre as falas misóginas do republicano.

“Aquilo foi uma conversa de vestiário, privada, entre quatro paredes”, definiu Trump. “Não me orgulho disso, já pedi desculpas, mas acho que há coisas maiores e importantes acontecendo; o Estado Islâmico decapitando pessoas, guerras acontecendo, uma carnificina no mundo inteiro.”




Discussão Sobre as Mulheres Foi Acalorada

O candidato ainda disse que sempre teve muito respeito pelas mulheres, e Hillary reagiu. “O que ouvimos Donald dizer sobre as mulheres é o que ele realmente pensa”, disse. “Vimos isso durante toda a campanha. Ele também falou contra os afro-americanos, imigrantes, latinos, pessoas deficientes, muçulmanos e tantos outros.”

Trump contra-atacou citando quatro mulheres – e inclusive levando-as para a plateia – que acusaram o marido da democrata, o ex-presidente Bill Clinton, de abuso sexual. “Jamais na história política desse país alguém foi tão agressivo com relação às mulheres”, afirmou o magnata.

Hillary não comentou as acusações, mas citou uma fala da primeira-dama Michelle Obama. “Quando eles derem um golpe baixo, você vai por cima”, disse, arrancando aplausos, e acrescentando que não é apenas um vídeo que paira sobre a campanha de Trump.

“Ele não pede desculpas a ninguém que ofende. Não pediu desculpas à família de Khizr Khan (militar muçulmano morto no Iraque), não pediu desculpas ao juiz federal de Indiana que ele afirmou não ser confiável por ser mexicano, nem à repórter que ele envergonhou em plena rede nacional e nem a Obama, de quem duvidou ter nascido nos Estados Unidos”, completou Hillary.




Hillary Clinton x Donald Trump: segundo debate
Rate this post
Compartilhe Agora:

Recomendamos para você...

×