Jovem muçulmana é proibida de jogar final de torneio por usar véu islâmico os EUA

A aluna, de 16 anos, jogou o campeonato escolar de basquete inteiro cobrindo a cabeça com hijab. Ao todo foram 24 partidas. Mas na última e decisiva, ela ficou no banco de reservas. Um árbitro decidiu aplicar uma regra pouco conhecida e quase nunca adotada. Que exige um documento comprovando a religião do atleta para que ele possa usar o véu ou outros ornamentos religiosos. A associação de esportes do estado de Maryland disse que a interpretação da regra foi equivocada.

Jovem muçulmana é proibida de jogar final de torneio por usar véu islâmico os EUA
Rate this post

Recomendamos que leia também:

Compartilhe Agora:

You may also like...

×