Notícias Políticas TV e Famosos

Marconi Perillo recebeu R$ 8 milhões da Odebrecht em caixa dois foram citados Iris Rezende e Maguito

Marconi Perillo recebeu R$ 8 milhões da Odebrecht em caixa dois foram citados Iris Rezende e Maguito Vilela.

O governador Marconi Perillo (PSDB) recebeu R$ 8 milhões da empreiteira Odebrecht em caixa dois para as suas campanhas ao Governo do Estado de 2010 e 2014, segundo a delação homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com o documento, o objetivo da empresa era receber de Perillo, em caso de vitória, o favorecimento do grupo “na área de saneamento básico”.

☻Deixe Seu Like e Inscreva-se no Canal. Muito Obrigado!!
☻link para se inscrever: http://bit.ly/2lwb8Ys
☻Compartilhe Com Seus Amigos.
☻Deixe Seu Comentário, Sua Opinião.
☻Desejo-lhe muito sucesso!

Os depoimentos contra o governador de Goiás são de quatro ex-executivos da Odebrecht: Alexandre José Lopes Barradas, Fernando Luiz Ayres da Cunha Santos Reis, João Antônio Pacífico Ferreira e Ricardo Roth Ferraz. Segundo eles, os valores doados não foram declarados na prestação de contas oficial do tucano, enviada à Justiça Eleitoral.

Por ordem de Fachin, os episódios que envolvem Perillo foram enviados ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), foro competente para julgar os chefes dos Executivos estaduais. Agora, caberá ao STJ analisar o pedido e autorizar o início das diligências solicitadas pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Em nota, a assessoria de imprensa de Marconi Perillo destacou que “o governador só irá se manifestar após conhecimento integral do teor das declarações apresentadas”.

Ainda segundo o texto, “o governador reitera que acredita na Justiça e que irá esclarecer qualquer eventual questionamento, mesmo porque, até o presente momento, não há qualquer inquérito autorizado pelo Poder Judiciário em tramitação no STJ, sendo impossível uma manifestação acerca de citação sem a devida contextualização”.

Por fim, a nota ressalta que o governador “nunca pediu ou autorizou que solicitassem em seu nome qualquer contribuição de campanha que não fosse oficial e rigorosamente de acordo com a legislação eleitoral”.
fonte:G1

 
Compartilhe Agora:
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.