Notícias TV e Famosos

Por medo da febre amarela, moradores atacam macacos bugios no Rio Grande do Sul

Depois da divulgação do surto de febre amarela em alguns Estados, macacos bugios estão sendo atacados no Rio Grande do Sul. Por acharem que ele é responsável pela doença, moradores atacam os animais. Mas os biólogos garantem que os animais não são os transmissores. A Secretaria Estadual de Meio Ambiente trouxe ao zoológico de Gramado dois macacos debilitados após os ataques.

 
Compartilhe Agora:
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.