Soldado israelense é condenado por homicídio depois de matar palestino imobilizado

A sentença do tribunal militar provocou revolta em parte da população. Os três juízes consideraram que o militar Elor Azaria, de 20 anos, agiu por vingança. Em março de 2016, dois palestinos esfaquearam um soldado israelense. O militar teve ferimentos leves. Os agressores foram baleados pelas tropas que faziam segurança na região. Ramzi morreu na hora, Abdel ficou gravemente ferido. No vídeo, o palestino aparece imóvel no chão. Mesmo assim, Azaria carrega a arma e atira na cabeça dele.

Soldado israelense é condenado por homicídio depois de matar palestino imobilizado
Rate this post

Recomendamos que leia também:

Compartilhe Agora:

You may also like...

×