Notícias TV e Famosos

Três meses depois, mulher de Sérgio Cabral já está novamente em casa

Adriana Ancelmo, ex-primeira dama do Rio de Janeiro, cumpriu pouco mais de três meses de prisão preventiva, agora convertida em prisão domiciliar pelo Superior Tribunal de Justiça. Ela não poderá sair de casa, um apartamento de 400 m² no Leblon, nem ter acesso a telefones e internet. Adriana responde pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

 
Compartilhe Agora:
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.