Notícias

Saiba quem são os deputados evangélicos favoráveis a reforma, mas que não abriram mão da aposentadoria especial

A proposta de reforma da Previdência foi alterada. Agora, o novo texto traz regras mais acessíveis, como mudanças na idade mínima, na aposentadoria rural, para servidores públicos e nas regras de transição.

O texto final, no entanto, ainda precisa ser aprovado pela Câmara e pelo Senado.

A idade mínima necessária para se aposentar foi mantida em 65 anos para homens e fixada em 62 anos para mulheres.

O tempo de contribuição não foi alterado e continua sendo de 25 anos. Com a nova proposta, também se chegou a um novo cálculo para o valor da aposentadoria.

O texto da reforma da Previdência tramita no Congresso no formato de Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

Depois de aprovada na Câmara, ela precisa ser enviada ao Senado. Lá, ela será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e, depois, pelo Plenário, onde precisa ser aprovada em dois turnos.

Se o Senado aprovar o texto como ele veio da Câmara, o texto será promulgado pelas Mesas da Câmara e do Senado.

Caso ocorra alteração na proposta, volta para a Câmara para ser votada novamente.

Os deputados evangélicos favoráveis a reforma, mas que não abriram mão da aposentadoria especial

Uma das mudanças previstas, é o fim da aposentadoria especial para políticos, mas os políticos que já fazem parte do Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC) estão garantidos, pois o texto apenas impede novos ingressos ao regime especial. Enter os 379 favoráveis a reforma, 106 fazem parte do regime dos congressistas.

Os parlamentares contribuem mensalmente com R$ 3.713,93, o que equivale a 11% do salário que recebem no exercício da função. A cada ano de contribuição, o político tem direito a 1/35 (um trinta e cinco avos) do salário total, o que rende R$ 964,65 a mais para a aposentadoria por ano de contribuição.

Em reportagem especial, o portal Gospel Prime listou os políticos evangélicos que optaram por este regime. Veja agora a lista de deputados evangélicos favoráveis a reforma da Previdência, mas que não foram capazes de abrir mão deste benefício, demonstrando que defendem o regime comum dos brasileiros apenas para os outros, mas não para si.

Lista de políticos da Frente Parlamentar Evangélica que aderiram ao regime privilegiado e votaram a favor da reforma da Previdência:

  • Alan Rick – DEM/AC (Batista)
  • Alex Santana – PDT/BA (Assembleia de Deus)
  • Alexandre Serfiotis – PSD/RJ (Fazei Discipulos)
  • Altineu Cortes – PR/RJ (Assembleia de Deus)
  • André Ferreira – PSC/PE (Assembleia de Deus)
  • Aureo Ribeiro – SD/RJ (Metodista)
  • Carlos Gomes – PRB/RS (Universal do Reino de Deus)
  • Cezinha de Madureira – PSD/SP (Assembleia de Deus)
  • Cleber Verde – PRB/MA (Assembleia de Deus)
  • Daniela do Waguinho – MDB/RJ (Nova Vida)
  • Jefferson Campos – PSD/SP (Evangelho Quadrangular)
  • Jhonathan de Jesus – PRB/RR (Universal do Reino de Deus)
  • Lincoln Portela – PR/MG (Batista)
  • Marcio Marinho – PRB/BA (Universal do Reino de Deus)
  • Pastor Gildenemyr – PL/MA (Assembleia de Deus)
  • Paulo Freire Costa – PR/SP (Assembleia de Deus)
  • Roberto de Lucena – PODE/SP (O Brasil para Cristo)
  • Rosangela Gomes – PRB/RJ (Universal do Reino de Deus)
  • Silas Câmara – PRB/AM (Assembleia de Deus)
  • Vinícius Carvalho – PRB/SP (Universal do Reino de Deus)

Fonte: conexaopolitica.com.br/politica/saiba-quem-sao-os-deputados-evangelicos-favoraveis-a-reforma-mas-que-nao-abriram-mao-da-aposentadoria-especial/

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

three × 2 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.